Laboratório

Laboratório Multiusuário I da FEQUI

LAMUL
por Édio Alves
Publicado: 27/12/2019 - 10:28
Última modificação: 21/05/2020 - 21:56

O Laboratório Multiusuário I da (LAMUL) fica disponível para toda a comunidade UFU bem como usuários externos. Técnicos ficam disponíveis para operar o equipamento.

 

Espectrometro de Fluorescência de Raio-X (FRX)

 

A espectrometria de fluorescência de raios X (FRX) é uma técnica que permite identificar os elementos químicos (Z > 11) presentes em uma amostra, assim como estabelecer a proporção em que cada elemento se encontra presente. Isso é possível através da emissão de raios-X. Os raios emitidos incidem no material e provocam a ionização dos átomos. Estes, ao se estabilizarem, produzem radiações características permitindo a identificação e quantificação dos elementos presentes no material.

Usada frequentemente em amostras minerais, rochas, solos, sedimentos e produtos industriais, a espectrometria de FRX é uma técnica rápida, precisa e de alta sensibilidade.

Análises disponíveis:

  • Análise química quantitativa de dez óxidos maiores (SO3, SiO2, Al2O3, Fe2O3, CaO, MgO, K2O, Na2O, TiO2, MnO e P2O5) e

  • Análise semi-quantitativa .

O Laboratório Multiusuário I da FEQUI conta com um espectrômetro de Fluorescência de Raio-X da marca Bruker modelo S8 Tiger (Figura 1).

 

Figura 1 - FRX marca Bruker modelo S8 Tiger.

 

Preparo de amostras

 

Para analisar amostras no FRX, o preparo geralmente é feito de duas formas: pastilha fundida ou pastilha prensada. A pastilha fundida apresenta melhor homogeneidade, no entanto, requer maior diluição da amostra. O Laboratório conta com uma máquina de fusão Vulcan 4 MA (Figura 2) capaz de preparar até 4 pastilhas fundidas simultaneamente.

 

Figura 2 - Máquina de fusão Vulcan.

 

As pastilhas prensadas por sua vez são menos homogêneas do que as pastilhas fundidas e são preparadas em menores diluições da amostra, o que em algumas situações permite a detecção de traços com maior facilidade.

Para o preparo de amostras prensadas, o laboratório dispõe de uma prensa hidráulica manual (Figura 3).

 

Figura 3 - Prensa hidráulica manual Herzog.

 

Para alcançar a granulometria requerida para amostras em pó, as amostras são moídas em um moinho de discos oscilantes da marca Herzog (Figura 4), capaz de pulverizar minerais, ligas de ferro, cimento, concreto e outros materiais com um baixo tempo de processamento.

 

Figura 4 - Moinho de discos oscilantes Herzog.

 

 

Horário de atendimento: 
De segunda a sexta-feira: das 08:00 às 12:00 hs e das 13:30 às 17:00 hs
Técnico(a) responsável: Rafael Ramos Heilbuth
+55 34 3230-9542
+55 34 3239-4188
Endereço: 
Campus Santa Mônica - Bloco 1ZA - Sala 1ZA105
Av. João Naves de Ávila - 2121 - Bairro Santa Mônica
Uberlândia - MG - CEP 38400-902